Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Esportes

Treze e Botafogo-PB decidem neste domingo no Amigão o adversário do Campinense na grande final do Campeonato Paraibano

Publicada em 31/03/18 às 22:29h - 87 visualizações

por 1001 Noticias FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: 1001 Noticias FM)

 Neste domingo (01), às 19 horas (horário de Brasília), será conhecido o adversário do Campinense na grande final do Campeonato Paraibano. Treze e Botafogo medirão forças no Estádio Amigão, com vantagem para o Belo, que levou a melhor no jogo de ida pelo placar de 2×1, e joga pelo empate. O Galo se classifica com vitória por qualquer placar.

Aproveite as oportunidades de lucro que o mercado de apostas esportivas tem a oferecer. Confira os prognósticos e faça um investimento certeiro com as cotas do Oddsshark.com.

JOGO DE IDA TEVE EMOÇÃO ATÉ O APITO FINAL

Botafogo e Treze fizeram um jogo bastante movimentado na primeira parte da semifinal. Um empate talvez fosse o resultado mais justo, mas foi o Belo que aproveitou o fato de jogar diante do seu torcedor para largar na frente.

Os anfitriões comandaram as ações no primeiro tempo. Aos 10 minutos, o meia Marcos Aurélio por pouco não inaugurou o marcador ao receber bom passe de cabeça de Dico. O arremate do camisa 10 passou rente a trave, mas caprichosamente tomou o caminho da linha de fundo. O gol sairia apenas aos quarenta minutos, em nova jogada iniciada por Dico, que acertou um belo passe para o volante Hiroshi aparecer como elemento surpresa e finalizar com muita categoria.

O Treze voltou do intervalo disposto a mudar a história do jogo, e para isso o técnico Flávio Araújo lançou mão de um trunfo que estava no banco de reservas. Apenas 23 dias após sofrer um AVC, o interminável Marcelinho Paraíba, de 42 anos, retornou aos gramados e, como de costume, fez a diferença. Foi ele quem, aos 20 minutos da etapa complementar, cobrou um escanteio pela direita que Saulo não conseguiu segurar. O zagueiro Leonardo Luiz mostrou oportunismo, e aproveitou a hesitação do goleiro para colocar tudo em pratos limpos. A igualdade voltou a prevalecer no Almeidão.

A alegria da torcida do Galo durou até os 43 minutos, quando o autor do primeiro gol do Fogão, Marcos Aurélio, arriscou um despretensioso chute de longa distância que o goleiro Saulo não segurou. No rebote, a bola encontrou os pés de Allan Dias, que não perdoou, e deu números finais à partida.

O herói da vitória, que é meia de origem, mas foi escalado como centro-avante, e vinha sendo vaiado pela torcida, era um dos mais exultantes ao final do jogo: "Eles vieram apertar porque estavam atrás do placar. Conseguiram o empate. Em algumas ocasiões eu já tinha jogado de centro-avante, em outros clubes. O professor optou por me colocar naquela posição e pude fazer o gol que garantiu nossa vitória", comentou.

BOTAFOGO FAZ UMA TEMPORADA MAIS CONSISTENTE

A comparação das trajetórias de Botafogo e Treze na temporada 2018 é favorável ao time da capital. É bem verdade que o Galo conclui a primeira fase como líder do Grupo B, mas somou apenas 14 pontos, e teve 46,7% de aproveitamento. O Belo, que caiu no Grupo A, classificou-se em segundo lugar, atrás do Campinense, mas somou 22 pontos, e teve um aproveitamento de 73,3%.

Na Copa do Nordeste, o Botafogo caiu bastante de produção nas últimas rodadas, mas apesar da derrota em casa por 2×0 para o Bahia na última quarta-feira, beneficiou-se do empate do Náutico com o Altos para avançar à segunda fase no complicado Grupo C. O Treze, por sua vez, terminou como lanterna do Grupo A, com apenas 22% de aproveitamento, e optou por poupar seus titulares na última rodada, diante do CRB. O resultado: nova derrota, desta vez pelo placar de 2×1.

RETROSPECTO FAVORECE O TREZE

O Botafogo já conquistou o título paraibano 28 vezes, contra 15 do time de Campina Grande. No confronto direto, porém, é o Treze que leva vantagem. O Galo soma 159 vitórias, o Belo levou a melhor 127 vezes, e 111 clássicos terminaram empatados.

Nos últimos 18 anos, os times se enfrentaram 28 vezes, em 14 disputas entre as fases semifinal e final, e novamente o Treze foi o grande vitorioso. O Galo avançou em 10 oportunidades, e em cinco acabou sagrando-se campeão. O Botafogo venceu quatro vezes o duelo, e levantou três canecos no período.

PALPITE

O Botafogo atravessa uma fase mais favorável, somou mais pontos na primeira parte do estadual, conseguiu se classificar na Copa do Nordeste, e levou a melhor no jogo de ida, o que garante uma boa vantagem para o embate do Amigão.

Precisando da vitória, o Treze fatalmente deixará espaços na retaguarda, e é pouco provável que não sofra ao menos um gol. Acredito que o Botafogo chegará a mais um triunfo explorando os contra-ataques.

Segundo o Oddsshark.com, o retorno para uma vitória dos visitantes será de R$ 2,64 por real apostado, mas se der Treze, você poderá embolsar R$ 2,46/R$ 1,00 O empate paga R$ 3,10/R$ 1,00.

SEMIFINAL DO CAMPEONATO PARAIBANO

01/04 - 19:00 - (R$ 2,46 ) Treze x Botafogo (R$ 2,64); Empate (R$ 3,10) - Palpite: Botafogo





Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (83) 9 88 66 50 11

Visitas: 2931420
Usuários Online: 412
Copyright (c) 2018 - 1001 Noticias FM