Domingo, 22 de Julho de 2018
Tecnologia

Aprenda como apagar seus rastros deixados no Google e no Facebook

Publicada em 08/04/18 às 10:51h - 54 visualizações

por 1001 Noticias FM


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: 1001 Noticias FM)

O vazamento dos dados pessoais de 87 milhões de usuários do Facebook serviu de alerta sobre como as empresas lidam com a privacidade e a proteção das informações de quem usa seus serviços. E sobre como esses dados podem ser usados em benefício de interesses particulares. No caso do Facebook, as informações foram usadas de forma indevida pela Cambridge Analytica, que prestou consultoria para a campanha presidencial de Donald Trump.

Uma forma de proteger os dados pessoais é apagando todas os vestígios de sua navegação em sites que coletam essas informações, como Google e Facebook. O problema é que o rastro é imenso, pois os dados são coletados toda vez que você faz uma busca no Google, envia um e-mail pelo Gmail, compartilha um documento pelo Drive ou usa o Maps para achar o endereço de destino. O Google também é dono da plataforma de vídeo YouTube e do navegador Chrome, que tem capacidade para armazenar conversas, senhas, localização, compras, sites mais acessados. O Facebook é dono do WhatsApp, Instagram e Messenger, por exemplo. 

"As grandes empresas de internet têm o mapeamento de todos os seus usuários. Ao optar por utilizar as redes sociais, o usuário precisa estar ciente que também é responsável pelo que posta e compartilha e deve se precaver de outras maneiras, especialmente ao não permitir que outros aplicativos tenham acesso aos seus dados", explica Bruno Prado, CEO e presidente da UPX Technologies, empresa especializada em performance e segurança digital. "O usuário pode preencher o menor número possível de informações pessoais, pois todas essas informações podem ser utilizadas, inclusive por criminosos", destaca ele.

Veja abaixo como apagar os vestígios de sua navegação no Google e Facebook.

Limpando seus rastros no Google
Para apagar seus registros, faço o login e siga os passos a seguir:

1 - Clique em "Minha conta", do lado direito do navegador. Essa é a mesma opção para quem faz o a mudança pela na versão mobile.


-2 - Na coluna do meio, aperte a opção "Minha atividade". Lá, estão todas as buscas e pesquisas realizadas por data. No celular, role a página até encontrar a opção.


3 - Para excluir, do lado esquerdo, clique em "Excluir atividade por". Escolha a data que pretende excluir e preencha o formulário com os produtos/atividades que quer eliminar. No celular, aperte a barra do alto à esquerda e escolha a opção correta e siga os mesmos passos.


O Google, em seus termos de uso, afirma que as informações sobre o que é coletado de cada usuário serve para levar as pessoas mais rapidamente a lugares, com o que é registrado no Maps, além de sugerir vídeos de interesse. Porém, essas informações são armazenadas para serem usadas também pela publicidade. Não é coincidência que, depois de uma pesquisa por sapatos, por exemplo, os anúncios que aparecem na tela do computador sejam justamente de lojas de sapatos. E assim por diante com hotéis, veículos, cinema etc.

Em declaração ao jornal britânico The Guardian, o ativista e fundador do movimento "software livre", Richard Stallman, afirma que "recomendou uma lei proibindo que qualquer sistema colete dados". "Não importa quem comanda, se é uma empresa, uma organização sem fins lucrativos ou uma agência pública, tanto faz, eles não estão autorizados a coletar dados a menos que possam justificar isso como absolutamente necessário para que executem sua função."

Em seus termos de uso, o Google admite que "boa parte dos negócios baseia-se na exibição de anúncios, […] que ajudam a manter os serviços gratuitos para todos". "Usamos dados para mostrar esses anúncios a você, mas não vendemos informações pessoais como seu nome, seu endereço de e-mail e suas informações de pagamento". O gigante de busca diz que tenta mostrar aos seus usuários anúncios que sejam úteis a eles. "Para isso, usamos dados coletados dos seus dispositivos, incluindo suas pesquisas e seu local, bem como websites e aplicativos usados, vídeos e anúncios vistos e informações pessoais fornecidas por você, como sua faixa etária, gênero e interesses."

Filtrando anúncios
Uma possibilidade que o Google oferece é controlar o tipo de anúncio será exibido. Para isso, é possível configurar o assunto de acordo com os interesses:

1 - Clique em "Minha conta". Na coluna do meio, aperte a opção "Configurações de anúncios". No celular, role a barra até encontrar essa opção.


2 - Clique em "Gerenciar as configurações de anúncios".


3 - Em "Tópicos que você gosta", remova os que você não gosta - ou todos, como preferir.


-4 - Em "Seu perfil", mais embaixo, confira que confere o gênero e a faixa etária.

-

Apagando seus rastros no Facebook

No Facebook, para controlar as informações partilhadas com aplicativos, é possível limitar a obtenção de dados, remover apps da conta e desativar programas no seu perfil do Facebook. Outra maneira de proteger os dados é minimizar a exploração de informações pessoais por anunciantes. Assim, a rede social mostra apenas anúncios com foco em informações básicas, como gênero e idade. No caso de campanhas políticas, os posts patrocinados não vão aparecer no feed.

O Facebook explica em seus termos de uso que não compartilha nem vende as informações dos usuários com os anunciantes. "Temos a responsabilidade de manter as informações das pessoas seguras e protegidas, impondo restrições rigorosas sobre como nossos parceiros podem usar e divulgar dados."

Para apagar as atividades realizadas no Facebook, como curtidas, compartilhamentos e comentários:

1 - No site, do lado direito, vá até o "Registro de atividades". No mobile, é preciso ir à página do perfil e escolher a opção.


2 - Do lado direito, é possível buscar a atividade que deseja apagar selecionando o ano de publicação. No celular, ao clicar na setinha à direita, aparece a opção "Remover reação". Clique no ícone do lápis e selecione a opção "Excluir".

Outro rastro possível de apagar são as buscas:

1 - No campo de buscas, do alto do site, clique em "Editar". No celular é exatamente igual.

-


2 - Na janela que se abre, com o resultado das buscas recentes, escolha a opção "Excluir pesquisas". O mesmo pode ser feito no aplicativo celular. Ao deletar a pesquisa no site, ela automaticamente será excluída no app também.

Sempre que um jogo, aplicativo ou site é aberto a partir do Facebook, ele fica registrado. Para saber quais são eles e como removê-los, siga o passo a passo:

1 - No site, no alto, à direita, clique em "Configurações". No aplicativo do celular, aperte as três barras na parte inferior direita e escolha a opção "Configurações" e "Configurações da conta".


2 - Do lado esquerdo, selecione a opção "Aplicativos". Ali estão todos os que têm acesso às suas informações. No mobile, role a barra e encontre a opção. Para remover qualquer um deles, passe o mouse em cima de cada ícone: vai aparecer um X. Aperte para deletar. Mesmo apagando esses aplicativos, é possível que o desenvolvedor já tenha armazenado alguns dados e, para eliminá-los, é preciso entrar em contato com os desenvolvedores e solicitar sua eliminação. No celular, clique em "Conectado com o Facebook".

-


Para restringir os anúncios, siga o passo a passo abaixo:

1 - Clique em "Configurações" do lado direito do site. No aplicativo do celular, aperte as três barras na parte inferior direita e escolha a opção "Configurações" e, em seguida, "Configurações da conta". No menu do lado esquerdo, aperte "Anúncios". No celular, basta escolher a opção rolando a barra.

-


2 - Nas preferências, escolha "Configurações de anúncios". E marque as opções "não", "não" e "ninguém".

-


Os usuários que decidem sair do Facebook precisam saber que deletar a conta não elimina de imediato as informações que foram registradas. Segundo a rede social, ninguém poderá vê-la e "pode levar até 90 dias, a contar do início do processo de exclusão, para que todo o conteúdo publicado seja excluído, como fotos, atualizações de status ou outros dados armazenados nos sistemas de backup". "Enquanto excluímos essa informação, ela fica inacessível para outros usuários do Facebook". De acordo com o Marco Civil da internet no Brasil, o prazo para que tudo seja apagado é de seis meses.

"Sabendo que os dados não somem completamente do banco de dados dessas grandes empresas, a melhor maneira de utilizar essas ferramentas e a internet de forma consciente, ler os termos de uso e ter em mente que o usuário também é responsável por seus dados, assim como a plataforma que deve garantir a segurança dos mesmos para que não sejam vazado", conclui Bruno Prado.

Para melhorar o ampliar o controle que os usuários têm de seus dados, as empresas vêm implantando modificações em suas configurações. O Google disponibiliza desde a ferramenta "Minha Conta", uma espécie de central de controle. Ela permite que o usuário decida o que quer compartilhar. Todos os passos dados a partir do Google estão registrados em "Minha Atividade". Diariamente, os sites acessados e as buscas feitas são gravados ali, separados por hora. Segundo o Google, esses dados são usados para os serviços mais úteis, mas é o usuário que decide quais tipos de dados podem ser coletados e usados.

No Facebook, novos controles de privacidades estão sendo atualizados e vão ser disponibilizados aos poucos aos usuários a poucos cliques. Antes, essas configurações eram distribuídas em quase 20 telas diferentes e agora estarão acessíveis em um único lugar. 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (83) 9 88 66 50 11

Visitas: 2503793
Usuários Online: 129
Copyright (c) 2018 - 1001 Noticias FM